sexta-feira, 31 de março de 2017

Le Divan de Staline




O telemóvel toca… procuram alguém que faça desenhos figurativos, um simulacro de esboços num caderno diário, para um filme francês que está a ser filmado no Buçaco.

Sim, “Um Dia Perfeito” pode fazer isso acontecer.

N”Um Dia Perfeito” damos corpo a ideias como esta, a estes pedidos, a estes trabalhos.

No nosso coletivo aglutinamos pessoas habilitadas em várias áreas técnicas e artísticas para responder prontamente a estas e outras solicitações e para este trabalho são escolhidos três autores que trabalharão num conjunto alargado de propostas para seleção final: Ana Cabral Fina, Simão Mota Carneiro e Nuno Quaresma.

Depois de uma breve conversa telefónica fica marcado um encontro com a pessoa responsável pela direção de arte no filme que nos irá explicar mais concretamente o que é pretendido.

Trata-se de um filme francês, cujo produtor é Paulo Branco, a realizadora é Fanny Ardant e Gerard Depardieu será Estaline, a personagem principal, e parte das filmagens irão decorrer em Portugal, no Buçaco, no Palace Hotel Buçaco, durante o mês de Dezembro de 2015.

A acção gira em torno de uma residência secreta onde Estaline repousa por uns dias e onde um jovem pintor, Danilov, lhe vai apresentar um projeto artístico para um monumento póstumo à memória do ditador.

Forma-se um triângulo amoroso entre Estaline, a sua amante e o pintor.

Os desenhos pedidos constituem o caderno de esboços deste pintor e a pessoa retratada terá sido uma antiga paixão do mesmo. A personagem de Danilov terá sido inspirada em Aleksandr Deyneka (1899 - 1969), pintor, artista gráfico e escultor russo considerado um dos mais importantes artista figurativos do movimento modernista russo.

São-nos enviadas por correio electrónico as imagens, fotografias, de uma rapariga jovem, bonita, caracterizada para a época, para que seja desenhada como musa inspiradora de Danilov. É uma mulher de uma beleza emblemática, o que torna a empreitada mais desafiante e prazenteira.

Alguns desenhos serão rasgados e queimados nas primeiras cenas em que surge o caderno de esboços do pintor. É uma pena, para nós autores que investimos cada obra de uma singularidade irrepetível, mas uma ação compreensível e necessária para o desenrolar do enredo e construção da personagem.

Se esta narração dos acontecimentos lhe aguçou a curiosidade, sem revelarmos mais sobre a história, para que também não mitigue o seu interesse na obra final que só vive na tela de um cinema, deixamos aqui o link para o “teaser movie” de “Le Divan de Staline”, adaptação cinematográfica de Fanny Ardant do romance homónimo de Jean-Daniel Baltassat:

https://www.youtube.com/watch?v=HnxqRZyPx0M&t=6s



Para mais informações, visite-nos também em:



www.numdiaperfeito.com

terça-feira, 3 de novembro de 2015

SONHA COM LUCY






































"Imaginemos uma janela aberta e a imensidão de uma paisagem...
A leitura é também essa janela para o espírito.
Um mundo de informação e fantasia que está ao alcance e que nos aproxima.


A leitura permite apresentar à criança um mundo que não conhece, que muitas das vezes ainda nem viu. Um mundo que ela vai reconhecer e identificar-se.


“Sonha com Lucy” retrata uma menina de nove anos, sonhadora, com sentimentos muito bonitos e profundos. Faz um apelo à importância para a educação escolar das crianças.
Mostra-nos o poder da partilha de ideias, dos laços afectivos, do amor da família e o conceito da cooperação.


Defende a importância da escola e o combate ao trabalho infantil.


«Nesta obra as crianças viajam pela geografia e pela história, para abrir o espírito e os seus horizontes a outras culturas, de modo a que a tolerância ganhe forma, motivando-as e estimulando-as a abrir novos caminhos para a compreensão da leitura e também da própria vida»
Tania Estrada Morales


Ilustrações de Nuno Quaresma


Link para ter este Livro

http://www.artelogy.com/pt/store/tania-estrada-morales-sonha-com-lucy









ANTOLOGIA no espaço MARIAS DO AÇÚCAR já a partir de 7 de Novembro



























Marias do Açúcar é um lugar intimista, jovem, dinâmico, empenhado em transformar pequenas e grandes ideias em açúcar, e o repto foi irresistível.


Expor uma seleção, pequena mas de elevada qualidade, num local assim emblemático é um verdadeiro desafio e ANTOLOGIA foi a síntese escolhida para dialogar com os clientes e visitantes, num apelo ousado à razão, sensibilidade, gosto e sentidos.


ANTOLOGIA é uma história contada na primeira pessoa e versa sobre a última década, as suas mudanças e convulsões, sintetizada ora em obras críticas ora no desiderato possível, das emoções sentidas, numa iconografia com recurso à representação figurativa e tónica nos valores do Humanismo.


São seis peças reunidas não em forma de epístola fechada, mas antes como missiva aberta em que cada um dos espectadores pode convocar novas narrativas ou rejubilar em novas e inesperadas interpretações.


Temas como a Guerra, o Valor da Vida, a Coragem, o Belo, o Sonho, a Civilização, a Crise ou a Austeridade, são todas mote e matéria-prima para representações ora confusas, ora cristalinas, em técnicas como o acrílico sobre tela, óleo sobre madeira ou giz e pastel sobre papel.


Mais do que uma proposta estética, são um postulado ético, sobre a nossa comum e humana liberdade, arbítrio e responsabilidade.


Se pudessem ser interpretadas como hino, seriam um manifesto potente e gutural sobre a Ágape, Empatia e Tolerância dos Homens, na escala do Homem, aqui excecionalmente, e porque a vida é doce, rodeados de sedutores e deliciosos cup cakes.




Se queres saber mais sobre o evento visita:
https://www.facebook.com/Sweet.Flavour
http://mariasdoacucar.pt/
http://www.numdiaperfeito.com/
http://www.nunoquaresma.blogspot.pt/

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Sal da Terra, Luz do Mundo | Feliz Natal e Ano Novo cheio de Amor, Saúde, Esperança e Prosperidade




“  Let's drink to the hard working people
   Let's drink to the salt of the earth
   Let's drink to the two thousand million
   Let's think of the humble of birth   “

Em “Salt Of The Earth” Rolling Stones - JAGGER, MICK / RICHARDS, KEITH



Saúde! … e celebremos a Vida, a Natureza, o Equinócio, o Renascimento, Deus que se fez Homem, os ritmos ancestrais que fazem o Natal, mas celebremos sobretudo esse Amor, O Sal da Terra, a Luz do Mundo.

Por cá, “num dia perfeito”, vamos erguer os nossos copos e brindar a esse Amor, à Liberdade, à Paz, às Oportunidades e à Igualdade, e deixar-vos votos de um ano de 2015 cheio de criatividade, alegria, esperança e prosperidade.

Que não vos falte inspiração para acolher os desafios, coragem para enfrentar as adversidades e muitos momentos e lugares de reencontro e fraternidade.

Com um Abraço coletivo,
Autores Tailored, Aka Arte e Equipa Pop- Projeto Oficina de Pintura


num dia perfeito logo cinza reduzido

Agência/ Projeto Coletivo e Comunitário
Telemóvel(+351) 96 391 61 65

___________________________________________________________________________________________________________

Os nossos principais objetivos são: a criação de novas oportunidades para jovens autores; a melhoria das condições de sustentabilidade para autores/ artistas em geral; a educação e formação pela arte; a organização de exposições, eventos, atividades educativas, bem como o apoio a causas relacionadas com Solidariedade, Cultura e Cidadania; a colaboração com autores, parceiros e instituições na qualificação integral da sua oferta cultural e pedagógica; a construção de uma rede de recursos – espaço, materiais de trabalho, elementos de divulgação, supervisão qualificada – para apoio a clientes e associados; inclusão social e cultural, participação ativa e sustentada na Comunidade nas áreas cultural, social, educativa, económica e ecológica. Para saber mais visita: www.numdiaperfeito.com
Se desejas apoiar o projeto podes fazê-lo através da campanha: www.indiegogo.com/projects/aka-arte-catalogo-2014-2015

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Feliz 2014! A amar, inventar, experimentar, crescer, correr, descansar, errar, acertar… A ser feliz :)







Feliz 2014! A amar, inventar, experimentar, crescer, correr, descansar, errar, acertar… A ser feliz :)

"Age antes de falar e portanto, fala de acordo com os teus atos."*
Aqui no “Tailored” experimentámos seguir a sabedoria mais antiga, justamente para nos prepararmos para o futuro.
Fizemos cadernos para desenhar, experimentámos outras formas de arte, para depois olhar para ti e dizer: aqui tens, um trabalho feito de amor, com matéria primas recicladas, cosido à mão e feito à tua medida.
"Dá a quem amas: asas para voar, raízes para voltar e motivos para ficar."*
Nos dias que correm, nem todos encontramos motivos para ficar e nem sempre sair dos lugares de conforto é necessariamente coisa má.

Mas a criatividade dá-nos asas e nas raízes dos afetos e no respeito pelo Outro e pela Natureza podemos efetivamente regressar a esse lugar (in)comum onde somos um Todo, uma grande Fraternidade.
Os votos que te deixamos para 2014 são, na verdade, estes – sê livre, sê feliz e já agora, mesmo em tempo de crise:
"Escolhe um trabalho que ames e não terás de trabalhar nem mais um dia na tua vida."*
Feliz Ano Novo, com muita Paz e Saúde e,  já agora, uma vontade redobrada de desenhar J





*Confúcio, Pensador e Filósofo Chinês (551a.C a 479 a.C.)

Fontes:

http://pt.wikiquote.org  (procura por Confúcio), a 27 de dezembro de 2013

http://pt.wikipedia.org/wiki/Confucius , a 27 de dezembro de 2013

http://pt.wikipedia.org/wiki/Analectos, a 27 de dezembro de 2013

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Desenhar é...



Desenhar é…
Começo assim porque olhamos para um esboço, um esquiço, um desenho belissimamente arte finalizado e pensamos - que belo era, que intenso foi, o que a partir daqui será - e raras são as vezes em que pensamos, desenhar é…
Desenhar é bom, desenhar é intenso, desenhar comove-nos, desenhar liga-nos.
Quando olho para o Modelo, para os seus olhos, para os lábios entreabertos na ternura ténue de um sorriso – estou mais lá do que alguma vez estive ou estarei.
Quando traço o movimento das asas de um pássaro e numa linha descrevo o seu voo…  Estou lá como nunca!
Quando texturo uma parede rugosa, lacerada pelas máculas do tempo que passa, recortada por um céu que corre, meu Deus, como corre; estou cá, estou no aqui e no agora.
Desenhar também é isto:
Ser. Estar. Fazer.
Para além do registo, da beleza que imprimimos no papel, no engenho e talento que fica por muito tempo desvelado (quem dera, às vezes, para sempre…) no desenho sente-se vida.
No desenho há vida, muita, sobretudo fora do papel.

Há quanto tempo não desenhas?

Falta-te talvez uma caneta à mão… e quem sabe, um Tailored :)


segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Pocoyo Vitruviano























Para quem não conhece a figura, e muito sucintamente, Pocoyo é uma das personagens mais giras, educativas e emblemáticas do mundo dos desenhos animados.

Trazê-la para o mundo de Vitrúvio ou para a evocação da criação “da vinciana” sobre o Homem e a escala do humano é, justamente, dar a este artefacto tecido em lã pela Jú, a justa dimensão do afeto que nele foi investido e, em cada nó, entrelaçado.

Este Pocoyo Vitruviano, para além do material e tempo investidos, é fruto de centenas de manhãs a sorrir debruçados sobre um café, um pastel de nata e o crescimento dos nossos filhos.

É vindima destas centenas de despontares do dia a sonhar nos sorrisos deles e, enfim, a procurar pontes para lhes entregar, em carta aberta, esta mensagem: “Amo-vos muito, pelo que são, em todos os momentos, hoje, agora, sempre!”

Não tarda estaremos a falar, quem sabe, do Homem Aranha, em renda de bilros, ou de uma capa em crochet para o novíssimo Ipad!


O Pocoyo Vitruviano tecido, atenciosamente e com uma infinita ternura, pela Jú, é um pouco isso, esse Amor intemporal que cuida dos nossos pequenos grandes Amores nos ínfimos e deliciosos detalhes, mesmo nas (sobretudo nas!) formas mais inesperadas.

N.Q.